BOLETIM DE LANÇAMENTOS JULHO 2008

LANÇAMENTOS
Bauman: mais de 125 mil livros vendidos no Brasil

Brochura
14 x 21 cm
200pp
R$ 36,00

ISBN:
978-85-378-0066-9

Nas livrarias:
22/7/2008


Tradução:
Carlos Alberto Medeiros


NO SITE
VIDA PARA CONSUMO
A transformação das pessoas em mercadoria
Zygmunt Bauman

Um dos mais perspicazes leitores da atualidade, Bauman nos revela a verdade oculta, um dos segredos mais dissimulados da sociedade contemporânea: a sutil e gradativa transformação dos consumidores em mercadorias. As pessoas precisam se submeter a constantes remodelamentos para que, ao contrário de roupas e produtos que rapidamente saem de moda, não fiquem obsoletas. Bauman examina ainda o impacto da conduta consumista em diversos aspectos da vida social: política, democracia, comunidades, parcerias, construção de identidade, produção e uso de conhecimento. E dá especial atenção ao mundo virtual: redes de relacionamento, como Orkut e MySpace, não refletem a idéia do homem como produto?


ZYGMUNT BAUMAN é um pensador clarividente, autor de inúmeros best-sellers e professor emérito de sociologia das universidades de Leeds e Varsóvia. Tem outros 14 livros publicados no Brasil, todos pela Zahar.



“Afinal, o essencial é isso: sobreviver e manter a paixão.” Pedro Almodóvar

Brochura
15,6 x 23 cm
308pp
ilustrado
R$ 0,00

ISBN:
978-85-378-0091-1

Nas livrarias:
29/7/2008


Tradução:
Sandra Monteiro e
João De Freire


NO SITE
CONVERSAS COM ALMODÓVAR
Frédéric Strauss

Não há freqüentador de sala de cinema no mundo que não conheça Pedro Almodóvar. Desde a escrita do roteiro até a escolha dos menores detalhes, ele é autor completo de seus filmes e trouxe para a sétima arte um estilo inconfundível, marcado por temas polêmicos e uma estética kitsch. Neste livro, construído a partir de uma série de entrevistas que o crítico de cinema Frédéric Strauss fez com o cineasta ao longo de mais de vinte anos, Almodóvar nos revela como compõe cenários e figurinos e tira proveito de músicas para realçar situações dramáticas. O leitor vai descobrir o que há de autobiográfico em sua obra, quais seus filmes e livros preferidos, a razão de privilegiar as personagens femininas e transformar radicalmente valores ligados a família, fé e sexualidade. Tocantes, impetuosas, irônicas, imprevistas, inteligentes – todos esses adjetivos se aplicam às palavras de Pedro Almodóvar nestas conversas.

• Edição atualizada com o último filme do cineasta: Volver.
• Inclui textos de Almodóvar, uma bela seleção de fotos e filmografia completa.


FRÉDÉRIC STRAUSS, ex-redator e chefe adjunto na revista Cahiers du Cinema, é roteirista e crítico de cinema da Télérama.

LEIA TAMBÉM:
Guia ilustrado Zahar de cinema
Ronald Bergan
510pp, R$74,50, ilustrado, col. Guias Ilustrados Zahar


Orson Welles

André Bazin
200pp, R$38,90, col. Cahiers du cinéma

O prazer dos olhos
Escritos sobre cinema
François Truffaut
352pp, R$48, col. Cahiers du cinéma


Charlie Chaplin
André Bazin
120pp, R$32, col. Cahiers du cinéma


Brochura
16 x 23 cm
320pp
R$ 49,90

ISBN:
978-85-378-0086-7

Nas livrarias:
9/7/2008


Tradução:
Roberto Franco Valente


NO SITE
A CAMINHO DE CABUL E BAGDÁ
Relatos dos conflitos no mundo islâmico
Jason Burke



Nas ruelas de um povoado curdo, um jovem britânico é encurralado por seus perseguidores e se salva no último minuto. Um homem corre por uma árida estrada iraquiana desviando-se das bombas que caem ao seu redor. O jornalista Jason Burke enfrentou essas e muitas outras situações que parecem cenas de um filme de ação, nos dez anos em que cobriu os eventos do sudoeste asiático e do Oriente Médio. Em seus encontros com centenas de pessoas – de refugiados miseráveis e atiradores norte-americanos a ministros de alto escalão –, Burke percebe a multiplicidade oculta sob o rótulo de “mundo islâmico”. A caminho de Cabul e Bagdá relata uma jornada em busca de respostas para questões que estão entre as mais importantes do nosso tempo: como devemos, por exemplo, entender o Islã e o radicalismo islâmico? E oferece poderosas lições de humanidade.


JASON BURKE é o premiado chefe de reportagem do Observer de Londres. Aos 21 anos, se juntou a guerrilheiros curdos que lutavam no Iraque, e a partir daí, por uma década cobriu o Oriente Médio e o sudoeste asiático. É autor de Al-Qaeda.

LEIA TAMBÉM:
Al-Qaeda
A verdadeira história do radicalismo islâmico
Jason Burke
360pp, R$49,90, ilutrado


O Oriente Médio

Do advento do cristianismo aos dias de hoje
Bernard Lewis
440pp, R$62,50, ilustrado

A crise do Islã
Guerra santa e terror profano
Bernard Lewis
160pp, R$38



Os assassinos
Os primórdios do terrorismo no Islã
Bernard Lewis
192pp, R$44, ilustrado

O historiador André Diniz guia o leitor pela obra de um artista pioneiro.

Brochura
16 x 23 cm
148pp
R$ 38,00

ISBN:
978-85-378-0085-0

Nas livrarias:
1/7/2008



NO SITE
JOAQUIM CALLADO, O PAI DO CHORO
André Diniz

Precursor de flautistas da linhagem de Pixinguinha, Callado foi o criador de um gênero musical tipicamente carioca: o choro. Mas a história de vida do compositor, nascido em 1848 e que viveu apenas 32 anos, ainda é pouco conhecida. Amigo e incentivador de Chiquinha Gonzaga considerado um rouxinol por Machado de Assis, Callado fundou o primeiro grupo de choro do país e estabeleceu a formação definitiva dos conjuntos de chorões: flauta, cavaquinho e dois violões. Rica em imagens, esta biografia oferece ainda um panorama do choro desde a sua retomada na década de 1970, além de um inventário dos discos com as melodias do criador de “A flor amorosa”.

Inclui:
• Prefácio de Edinha Diniz, biógrafa de Chiquinha Gonzaga.
• Lista atualizada de composições atribuídas a Callado e CDs com sua obra (disponíveis no mercado).
• Livros de referência sobre a história do choro e temas afins.


ANDRÉ DINIZ é historiador e autor de Almanaque do choro; Almanaque do samba; Almanaque do carnaval; O Rio musical de Anacleto de Medeiros. Todos lançados pela Zahar.
Coleção Filosofia Passo-a-passo

ONTOLOGIA
Susana de Castro (UFRJ)

A ontologia trata do ser, daquilo que existe, suas qualidades básicas e preocupou filósofos desde Aristóteles até os modernos, passando por Parmênides, Leibniz e Heidegger.





JOHN STUART MILL & A LIBERDADE
Mauro Cardoso Simões (Unicuritiba)

Um dos mais importantes filósofos do século XIX, continua influenciando diversas áreas do pensamento, como a ética e a filosofia política, e auxiliando na compreensão dos limites a serem estabelecidos entre indivíduo, sociedade e Estado para a garantia do desenvolvimento da liberdade individual.


LEIA TAMBÉM DESTA COLEÇÃO:

Hobbes & a liberdade
Júlio Bernardes
R$19,90, 80pp
Leibniz & a linguagem
Vivianne de Castilho Moreira
R$19,90, 84pp
Heidegger
Zeljko Loparic
R$19,90, 88pp
“Por sua relevância, esse estudo de Beaufret marcou as reflexões posteriores sobre o trágico hölderliniano”, Roberto Machado, professor de filosofia (IFCS/UFRJ)

Brochura
14 x 21 cm
96pp
R$ 0,00

ISBN:
978-85-378-0089-8

Nas livrarias:
15/7/2008



NO SITE
HÖLDERLIN E SÓFOCLES
Seguido de “Observações sobre Édipo” e “Observações sobre Antígona”, de Hölderlin
Jean Beaufret

Num só volume, obras complementares e fundamentais aos estudos da estética. Na primeira parte deste livro, a tradução do clássico Hölderlin e Sófocles (1965), de Jean Beaufret, em que o filósofo francês estuda os comentários de Hölderlin sobre as tragédias de Sófocles, Édipo e Antígona. Seguem-se, então, os próprios textos de Hölderlin, oferecendo ao leitor brasileiro a possibilidade de acompanhar de perto as considerações de ambos os autores. Esta bem cuidada edição, supervisionada por especialistas, inclui também notas que esclarecem passagens e estabelecem conexões entre os textos.


JEAN BEAUFRET (1907-1982), estudioso da filosofia alemã, é reconhecido como introdutor do pensamento de Heidegger na França do pós-guerra e como professor de toda uma geração de filósofos.

FRIEDRICH HÖLDERLIN (1770-1843), poeta, romancista, dramaturgo e filósofo alemão, é autor do romance Hyperion e da tragédia A morte de Empédocles.

LEIA DA MESMA COLEÇÃO:

Introdução à tragédia de Sófocles
Friedrich Nietzsche
96pp, R$21



O nascimento do Trágico
De Schiller a Nietzsche

Roberto Machado
280pp, R$42

Nietzsche e a polêmica sobre o Nascimento da Tragédia
Roberto Machado (org.)
168pp, R$39



Francis Bacon: Lógica da sensação
Gilles Deleuze
184pp, R$37


Mais vendidos Junho 2008

Zahar na imprensa (clique nos links para ler as matérias na íntegra)
Eventos
03/07/2008 - quinta-feira
A parte obscura de nós mesmos
Uma história dos perversos

Elisabeth Roudinesco

Programação:
11:45h – Palestra na FLIP 2008
A autora fala sobre o seu novo livro

Paraty – Tenda dos autores – FLIP 2008
04/07/2008 - sexta-feira
A economia em Machado de Assis
o olhar oblíquo do acionista

Gustavo H.B. Franco

Programação:
18h – Palestra com o autor e noite de autógrafos

Paraty - Casa da Cultura de Paraty
rua Dona Geralda 177 - Centro Histórico
Paraty/RJ
Tel.:(24) 3371-2325
23/07/2008 - quinta-feira
A cartomante
Machado de Assis

Programação:
19h – Noite de autógrafos

Rio de Janeiro - Livraria Arteplex
Praia de Botafogo 316 - Botafogo - RJ
Tel.:(21) 2559-8750
03/07/2008 - quinta-feira
O Inconsciente a céu aberto da psicose
Colette Soler
O que Lacan dizia das mulheres
Colette Soler

Programação:
19h – Palestra da autora Colette Soler

São Paulo - Livraria Cultura
Conjunto Nacional
av. Paulista, 2073 - SP
Tel.: (11) 3170-4033
07/07/2008 - segunda-feira
A parte obscura de nós mesmos
Uma história dos perversos

Elisabeth Roudinesco

Programação:
15h – Palestra "Perversão e homossexualidade", com Elisabeth Roudinesco

Rio de Janeiro - Universidade Estadual do Rio de Janeiro
rua São Francisco Xavier 524 - 9º andar
auditório 91 - Maracanã - RJ
Tel.:(21) 2587-7911
Caso não queira mais receber nosso informativo,
simplesmente responda a esta mensagem indicando no assunto REMOVER
JORGE ZAHAR EDITOR    Tel.: (21)2108-0808 / Fax: (21)2108-0000    jze@zahar.com.br    ©2008