Caso não consiga visualizar esta mensagem corretamente clique aqui .
NOVIDADES JANEIRO / FEVEREIRO 2010
Por que cozinhar nos tornou humanos? Entenda a teoria revolucionária de Richard Wrangham, veja o que o The New York Times disse sobre Pegando fogo e leia entrevista com o autor. "A pesquisa nunca termina para um sociólogo." Em entrevista, Bauman fala sobre a profissão, a forma como passou a tratar seus projetos e o lançamento de Aprendendo a pensar com a sociologia, em parceria com Tim May.
Você vai descobrir como a matemática pode ser divertida e intrigante. Leia a opinião de Samuel Jurkiewicz, professor da Coppe/UFRJ, e veja o que o Guardian disse sobre O livro dos números, de Peter Bentley. Um luxo! Confira uma das ilustrações originais de John Tenniel nessa caprichada edição de bolso de Alice, de Lewis Carroll.
Por que as coisas caem? Leia entrevista com Alexandre Cherman, um dos autores dessa história da gravidade, e saiba mais sobre esse livro. Danilo Marcondes, autor de Textos básicos de linguagem, explica como foi o processo de preparação do livro e fala sobre o sucesso do formato.
LANÇAMENTOS

“Wrangham é um ícone da antropologia moderna.”
Veja

Nesse livro surpreendente e transformador, Richard Wrangham redesenha completamente nossa compreensão sobre nós mesmos com sua original “hipótese do cozimento”. Para ele, ao contrário do que se pensa desde Darwin, passamos a cozinhar antes de nos tornarmos homens, e nos tornamos homens justamente porque passamos a cozinhar.

O autor une áreas diversas para defender sua teoria, sempre com um texto claro e ao mesmo tempo profundo. Entre histórias sobre comunidades de dieta crua ou vegetariana, sobreviventes na selva e no mar, o cotidiano alimentar de esquimós,índios brasileiros e aborígenes australianos, ele nos conta sua própria experiência no território selvagem dos chimpanzés – onde viveu com eles e, sobretudo, comeu pessoalmente o que eles comem.

“Wrangham revê O cru e o cozido, do antropólogo francês Lévi-Strauss, e defende uma provocativa hipótese sobre a história humana.” Nature

“O autor une estudos e teorias de disciplinas tão diversas quanto antropologia, biologia, química, sociologia e literatura em uma discussão convincente e poderosa.” Washington Post

“Um livro absolutamente fascinante.” Nigella Lawson, chef americana e apresentadora do programa Nigella, do GNT

RICHARD WRANGHAM é um antropólogo biológico americano de grande destaque na atualidade. Discípulo de Jane Goodall, um dos maiores nomes da história da primatologia, leciona na Universidade Harvard e dirige o Kibale Chimpanzee Project, em Uganda, a mais importante pesquisa de comportamento de macacos no mundo. Colabora para jornais e revistas como Nature, New Scientist, Boston Globe e Scientific American.

   

Chega aos cinemas brasileiros, em abril, a versão do diretor Tim Burton para a obra mais conhecida da literatura infantil. Passados quase 150 anos da publicação original, a clássica história de uma menina chamada Alice, que entra em uma toca atrás de um coelho falante e cai em um mundo de fantasia, continua popular.

Essa charmosa edição de bolso, com capa dura e ilustrações originais de John Tenniel, reúne Aventuras de Alice no País das Maravilhas e sua continuação, Através do espelho e o que Alice encontrou por lá. Obra-prima que não pode faltar na sua biblioteca – e com um preço que cabe no seu bolso.

LEWIS CARROLL (1832-98) nasceu na Inglaterra e é autor de diversas obras, sendo as mais famosas essas que a Zahar agora publica reunidas em bolso. Foi também matemático, lógico e fotógrafo.

LEIA TAMBÉM:

Alice: Edição comentada
Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Através do espelho
Lewis Carroll
28pp, R$79, ilustrado, grande formato

As notas de Martin Gardner – um dos mais importantes especialistas em Carroll – dão sentido a passagens nunca antes elucidadas. Uma revolução na interpretação das histórias de Alice.



Esse é o primeiro volume da obra máxima do historiador romeno Mircea Eliade – o mais conhecido estudioso das religiões do século XX. O autor empreende, em ordem cronológica, a análise das manifestações do sagrado nas sociedades humanas, com um estudo singular dos momentos criadores das mais diferentes tradições religiosas do Oriente e do Ocidente. Seu percurso começa na pré-história e segue até o florescimento do culto de Dioniso na Grécia, passando pelas religiões mesopotâmicas, do Egito Antigo, de Israel, da Índia antes de Buda, da Grécia e do Irã.

Sua inegável importância para a história das religiões e da cultura universal levou a Zahar a relançá-lo 30 anos depois da primeira publicação no Brasil. Um trajeto essencial para se compreender como os elementos que povoam a vida religiosa dão forma às diversas concepções de mundo de cada povo.

MIRCEA ELIADE (1907-86) nasceu na Romênia e após a Segunda Guerra Mundial mudou-se para Paris, onde ensinou na École Pratique des Hautes Études. Depois foi convidado a lecionar na Universidade de Chicago. Publicou vasta obra como historiador das religiões, filósofo, poeta e romancista.

PRÓXIMOS LANÇAMENTOS:

VOL. II: De Gautama Buda ao triunfo do cristianismo
VOL. III: De Maomé à Idade das Reformas

LEIA TAMBÉM:

A Bíblia
Uma biografia
Karen Armstrong
280pp, R$42

Os evangelhos
Jesus Cristo
apresentação: Terry Eagleton
240pp, R$36

O corão
Uma biografia
Bruce Lawrence

220pp, R$42


Partindo de aspectos aparentemente comuns da vida – amor, atos de consumo, trabalho, lazer, religião –, Bauman e May escreveram esse livro com o objetivo de ajudar as pessoas a entender suas vivências individuais e com os outros. Revelam como a sociologia fornece uma série de observações sobre nossas experiências e mostram as implicações de nossos atos sobre a maneira como conduzimos nossa existência. A edição original, publicada nos Estados Unidos em 1990, foi revista pelos autores e inclui temas atuais como corpo, intimidade, tempo, espaço, desordem, risco, globalização, identidade e novas tecnologias. Cada capítulo aborda problemas que constituem parte de nossa vida cotidiana, dilemas e escolhas com os quais nos deparamos, mas não chegamos a refletir. Os autores ainda sugerem questões que podem servir de orientação para o leitor ou de plano de estudos para professores e alunos. Pensar sociologicamente significa entender aqueles que nos cercam em suas esperanças, desejos, inquietações e preocupações.

Inclui:

  • Sucinta bibliografia organizada por temas.
  • Questões para orientar professores e alunos.

ZYGMUNT BAUMAN nasceu na Polônia, e mora na Inglaterra desde 1971. Professor emérito das universidades de Varsóvia e Leeds, é autor de vasta obra que analisa as transformações das relações socioculturais em nosso tempo. Tem mais de 20 títulos publicados pela Zahar – dentre eles Amor líquido, com 35 mil exemplares vendidos.

TIM MAYé professor de sociologia e diretor do Centro para o Futuro
Urbano e Rural Sustentável, da Universidade de Salford, Inglaterra.
Escreveu diversos livros.

LEIA TAMBÉM:

Amor líquido
Sobre a fragilidade dos laços humanos
192pp, R$42

Modernidade líquida
260pp, R$49

O mal-estar da pós-modernidade
276pp, R$49


Se você pensa que os números são coisas chatas e desinteressantes, vai se surpreender com esse livro! Calculado exatamente para divertir o leitor, envolve conexões intrigantes, rivalidades, documentos secretos e até mortes misteriosas.

O autor constrói a crônica dos séculos de pesquisa necessários para desvendar o significado dos números, revela os segredos e mistérios da matemática e mostra sua presença em todos os aspectos da nossa vida, da ciência às artes. Ricamente ilustrado com fotos, gravuras históricas, pinturas e imagens criadas por computador, o livro é organizado para facilitar a leitura e a explicação de temas curiosos, a exemplo da história da criptografia na Segunda Guerra Mundial, que deu origem à informática moderna.

PETER BENTLEY, um dos mais criativos pensadores atuando na ciência da computação, é professor e pesquisador do University College London. Colabora regularmente na programação da Radio 4, da BBC, e é famoso por suas pesquisas nas áreas da computação evolutiva e da biologia digital.



O mutismo da criança autista, as pausas do psicanalista, o paciente quase sem palavras e o processo silencioso do trabalho de luto são alguns dos temas tratados nesse livro. Aqui se reúnem exposições e debates realizados por profissionais de diversas correntes, além de três textos clássicos da maior importância: de Theodor Reik, Sophie Morgenstern – apresentado por Françoise Dolto – e Robert Fliess. Leitura obrigatória para quem deseja decifrar o inconsciente.

Inclui:

  • Extratos das obras de Freud e de Lacan sobre o silêncio
  • Bibliografia dos trabalhos psicanalíticos sobre o tema desde 1916

J.-D. NASIO, psicanalista e psiquiatra, lecionou por 30 anos na Universidade de Paris VII-Sorbonne e atualmente dirige os Seminários Psicanalíticos de Paris. Grande divulgador da psicanálise, tem cerca de 20 títulos publicados no Brasil pela Zahar, com destaque para O olhar em psicanálise e Meu corpo e suas imagens.



Dando continuidade a uma série didática de grande sucesso, essa antologia de textos sobre a linguagem reúne as ideias dos grandes pensadores sobre o tema. Em vez de “ouvir falar” ou “ler sobre” o que eles pensam, o estudante terá oportunidade de lidar diretamente com 35 textos de filósofos como Platão, Santo Agostinho, Heidegger e Foucault – comentados pelo professor Danilo Marcondes, autor de best-sellers da filosofia como Iniciação à história da filosofia e Dicionário básico de filosofia.

A seleção privilegiou passagens onde se encontram as principais ideias da tradição filosófica sobre a linguagem. Para cada pensador há uma introdução, comentários que situam os trechos escolhidos no contexto da obra original e uma série de questões e temas para discussão em sala de aula, além de indicação de leituras complementares.

Inclui:
PLATÃO • ARISTÓTELES • SANTO AGOSTINHO • OCKHAM • DESCARTES • PORT ROYAL • LOCKE • HUMBOLDT • SAPIR E WHORF • PEIRCE • FREGE • SAUSSURE • RUSSELL • WITTGENSTEIN • CHOMSKY • AUSTIN • HEIDEGGER • FOUCAULT

DANILO MARCONDES tem cerca de 30 anos de magistério e diversos
livros de grande sucesso. Doutor em filosofia pela Universidade de St. Andrews, Grã-Bretanha, é professor titular do Departamento de Filosofia da PUC-Rio e professor adjunto do Departamento de Filosofia da UFF.

DO MESMO AUTOR:

Textos básicos de filosofia
Dos pré-socráticos a Wittgenstein
184pp, R$34

Textos básicos de ética
De Platão a Foucault
144pp, R$31

Iniciação à história da filosofia
Dos pré-socráticos a Wittgenstein
304pp, R$38

DETALHES
Nas livrarias:
29/1/2010


R$ 39,00

NO SITE

Desde que o mundo é mundo, a gravidade tem atraído a atenção de alguns dos maiores pensadores da história da ciência. Em uma saga que envolve inúmeros personagens, com destaque para Isaac Newton e Albert Einstein, os autores mostram que o fenômeno não é apenas um tópico para cientistas experientes, mas um fascinante elemento de nossas vidas.

ALEXANDRE CHERMAN e BRUNO RAINHO MENDONÇA são astrônomos e trabalham na Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, onde também lecionam. Cherman é diretor técnico-científico da Associação Brasileira de Planetários e o único brasileiro no Conselho da International Planetarium Society.

Mais vendidos: Janeiro 2010
1. O andar do bêbado
Leonard Mlodinow
6. Amor Líquido
Zygmunt Bauman
2. O livro dos números
Peter Bentley
7. A arte da vida
Zygmunt Bauman
3. Almanaque das curiosidades matemáticas
Ian Stewart
8. Uma breve história da música
Roy Bennett
4. Cultura: Um conceito antropológico
Roque de Barros Laraia
9. Os botões de Napoleão
Penny le Couteur e Jay Burreson
5. Iniciação à história da filosofia
Danilo Marcondes
10. Shakespeare e a economia
Gustavo H.B. Franco e Henry W. Farnam
Zahar na Imprensa: Alguns destaques (clique para ler as matérias na íntegra)
2/1/2010 - O Estado de S.Paulo
16/12/2009 - O Globo
6/1/2010 - O Estado de S.Paulo
28/1/2010 - Folha On Line
9/1/2010 - O Globo
1/1/2010 - Revista Elle
1/1/2010 - Revista Filosofia
Eventos

Por que as coisas caem?
Uma história da gravidade
Alexandre Cherman e Bruno Rainho Mendonça

24/2/2010 - Quarta-feira
19:30h - Noite de autógrafos

Shopping Leblon
av Afrânio de Melo Franco 290 2º piso - Leblon - Rio de Janeiro/RJ
Caso não queira mais receber nosso informativo,
simplesmente responda a esta mensagem indicando no assunto REMOVER
ZAHAR    Tel.: (21)2108-0808 / Fax: (21)2108-0809    editora@zahar.com.br    ©2008