Livros  >>  Ciência










Detalhes:
Brochura
298pp
R$ 44,90

Data de Lançamento:
21/2/2013

ISBN:
978-85-378-0958-7

Tradução:
Maria Luiza X. de A. Borges


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
CIÊNCIA
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
Devassos por natureza
Provocações sobre sexo e a condição humana
> Entrevista: Jesse Bering

Como foi a decisão de escrever sobre os ensaios mais populares?
A maioria dos ensaios apareceu primeiramente no site da revista Scientific American, que costuma atrair um tipo muito particular de leitor, principalmente os que se interessam o bastante em ciência, engenharia e tecnologia para buscar regularmente tal material na web. Mas ao longo dos anos , descobri que o tipo de tópico científico que eu costumava gravitar como escritor (por que temos pelos pubianos? Por que as pessoas cometem suicídios? Por que os seres humanos se masturbam mais do que qualquer outro tipo de primata? Por que as adolescentes são tão más umas com as outras? Apenas para citar alguns...) também interessavam a leitores que normalmente não se encontram atraídos por temáticas científicas. Então, esse livro é minha tentativa de atingir a um público mais amplo, para mostrar à audiência que criou o hábito de pular as seções de ciência de uma livraria que a ciência não é sempre tão chata e estranha como eles imaginam que seja. Alguns desses tópicos são simplesmente escandalosos.

Como você selecionou os ensaios?
Minha editora, Amanda Moon, e eu tentamos selecionar esses ensaios que viraram “virais” na internet, o que, para o bem ou para o mal, normalmente significam essas matérias que geram fortes e acaloradas discussões. Mas o critério mais importante para mim foi incluir essas matérias que forçam o leitor a reconsiderar posições já há muito assumidas... para vê-los pensando sobre seus corpos e seu comportamento de uma forma totalmente nova. Claro, diferentes ensaios repercutem nos leitores de forma diferente, mas eu garanto que há algo no livro vai fazer sua visão de mundo balançar seriamente.

Algumas dessas questões eram tabus para você também?
Muitas das questões que exploro na minha escrita são realmente profundamente desconfortáveis para mim, mas não diria que são tabus, já que eu não acredito nisso. De fato, isso é o que me atrai na ciência há muito tempo: que nada é sagrado. Como psicólogo e como escritor, estou mais interessado em chegar ao fundo da razão de nós reagirmos a determinadas questões como tabus. Mas eu admito que, algumas vezes, é mais fácil dizer do que fazer. Para um homem gay mergulhar na escrita de um ensaio de 1.500 palavras sobre a ejaculação feminina (que, a propósito, evolutivamente continua ainda como um certo mistério)... bem, você pode ver como isso pode se tornar desafiador, de tempos em tempos.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Saiba mais sobre o autor. Visite o seu site.

> Por que o pênis tem o formato que tem? Em vídeo, o autor responde a esta e outras perguntas.

CONFIRA TAMBÉM!
> Saiba o que a imprensa disse sobre esse livro.

> "Eu garanto que há algo no livro vai fazer sua visão de mundo balançar seriamente." Leia entrevista exclusiva com o autor.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007