Livros  >>  Biografias









Compre na Cultura
Compre na Saraiva
Compre no Submarino
Compre na Livraria da Travessa

Detalhes:
Brochura
16 x 23cm
524pp
R$ 59,90

Data de Lançamento:
18/6/2012

1ª edição

ISBN:
978-85-378-0841-2

Tradução:
Thiago Lins

Apresentação: Eduardo Bueno


Outras áreas: Administração
Artes
BIOGRAFIAS
Ciência
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
A balada de Bob Dylan
Um retrato musical
Entrevista: Daniel Mark Epstein

Como foi a pesquisa para o livro?
Foi excitante, porque eu estava revisitando uma história que também era minha, de 1963 a 2009, e entrevistando pessoas, algumas que eram velhas amigas, como Nora Guthrie e Mike Seeger, outros eram músicos e produtores de filmes, como Eric Andersen e D. Pennebaker, eu sempre admirei e tive vontade de conhecer. Para cada data de concerto, eu pesquisei ainda o jornal do dia, em ordem para colocar o concerto em uma perspectiva histórica. Isso trouxe à tona alguns assuntos fascinantes que aconteciam na época, como o sequestro de Frank Sinatra Jr., em 1963, e o trabalho de investigação do assassinato de JFK. Em vez de fazer muitas entrevistas, me concentrei em fazer poucas, mas profundas. Assim, obtive detalhes da relação de Bob Dylan com Woodie Guthrie da filha dele. Com Maria Muldaur eu tive informações sobre a história do casamento de Dylan.

Por que optou por contar a história de Dylan a partir de quatro shows?
Decidi falar da vida de Dylan selecionando esses quatro concertos que eu havia frequentado. Ao escrever biografias de Walt Whitman e Abraham Lincoln, aprendi que as mais importantes são geralmente escritas por contemporâneos do assunto. Como contemporâneo de Bob Dylan, alguém que assistiu a suas performances em datas significantes, e como poeta que assisti ao desenvolvimento de Dylan como artista, e como alguém que conheceu muitos de seus amigos, senti que estava em uma posição única para escrever sobre a sua vida. Eu queria escrever um livro que não pudesse ser escrito por ninguém muito mais jovem do que eu. E escolhi esses concertos porque tive o privilégio de assistir a todos e dar meu testemunho.

Em sua opinião, o que diferencia sua biografia das outras escritas sobre a vida de Dylan?
Sou o primeiro biógrafo de Bob Dylan que é ao mesmo tempo um poeta e um biógrafo experiente. Meu livro vai mais profundo ao explicar as escolhas que Dylan fez ao longo da vida, escolhas artísticas e pessoais, suas defesas em relação à audiência, à mídia, amigos antigos da época de sua ascensão para a fama, sua opção em tocar música eletrônica, em vez da música folk, a opção pelas letras surrealistas, nos anos 60 e 70, em vez das baladas fora de moda de sua juventude, sua reclusão crescente. Sou um poeta que entende sua linguagem e com acesso a amigos que estiveram próximos a ele, como Allen Ginsberg, Eric Andersen, Nora Guthrie e D. Pennebaker.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Saiba mais sobre o autor. Visite o seu site.

CONFIRA TAMBÉM!
> Daniel M. Epstein conta como foi revisitar quase cinquenta anos de história de um dos maiores cantores de nosso tempo. Leia entrevista exclusiva com o autor.

> Por que ler este livro? O jornalista e escritor Eduardo Bueno responde.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007