Livros  >>  Ciências Sociais









Compre na Cultura
Compre na Saraiva
Compre no Submarino
Compre na Livraria da Travessa

Detalhes:
Brochura
14 x 21 cm
228pp
R$ 44,90

Data de Lançamento:
10/6/2011

1ª edição

ISBN:
978-85-378-0681-4

Tradução:
Vera Pereira


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
Ciência
CIÊNCIAS SOCIAIS
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
44 cartas do mundo líquido moderno
> Entrevista: Zygmunt Bauman

O senhor sempre fala dos assuntos mais em voga e o novo livro é a prova disso: iPpods, Twitter, Facebook... Como se mantém tão conectado com os assuntos do momento?
A internet é obviamente uma ajuda...E, desde que se transformou na maior fonte de informações para a maioria de nós, se tornou também o maior objeto de meu estudo; os meandros da cultura contemporânea são, afinal de contas, meu tópico, e a velocidade do mundo atual me chama constantemente a atenção. A nossa é uma "vida corrida", vivemos sob a "tirania do momento", e por isso temos pouco tempo para refletir sobre para onde estamos nos movendo, o que deixamos para trás, quais foram os ganhos e quais as perdas.

Quando o senhor escrevia para esta revista italiana, os leitores respondiam?
Sim, eu recebi algumas cartas, e achei difícil responder a todas elas da forma que mereciam ser respondidas – em extensão e profundidade. Algumas cartas tratavam de assuntos de interesse geral e muitas dessas discordavam de meus diagnósticos. Estas cartas eu tentei responder, falar “em público” do assunto. Outras cartas apresentavam problemas mais pessoais – e como eu discordo desse hábito indigno de ostentar experiências e sentimentos íntimos na TV e em jornais - eu não iria colocar essas questões em exposição pública...

O senhor mantém contato com algum pensador brasileiro?
Muitos anos atrás Janina (N.R.: Janina Bauman, escritora, tradutora e pesquisadora, esposa de Bauman, falecida em 2009) e eu fomos convidados para um congresso anual da Associação Brasileira de Sociologia, que ocorria próximo ao Rio de Janeiro. Nesta ocasião, nós nos encontramos com o professor Bernardo Sorj e com Rubem Cesar Fernandes (depois criador e pioneiro da maravilhosa iniciativa do Viva Rio e do Viva Favela), nossos anfitriões – e nos tornamos amigos. Eu fiquei impressionado com o trabalho que estavam – e continuam – fazendo. Infelizmente, por problemas de agenda, nossos contatos têm sido ocasionais, muito menos frequentes do que gostaríamos. Isso se aplica ao meu contato com o resto das ciências sociais do Brasil; a perda é minha porque os cientistas sociais no Brasil estão fazendo nos dias de hoje um trabalho requintado e fascinante, tendo sido abençoados com talvez o mais excitante workshop de experimentação social em todo o país... Gostaria imensamente de acompanhar esses avanços mais de perto.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> A Universidade de Leeds inaugurou em setembro de 2010 o Bauman Institute, em homenagem ao sociólogo, professor emérito da instituição. Saiba mais.

> Mais detalhes sobre a obra do autor no site da Universidade de Leeds.

CONFIRA TAMBÉM!
> Conheça alguns dos temas tratados por Bauman nos 44 artigos.

> Bauman já vendeu mais de 250 mil exemplares de sua obra no Brasil. Conheça os cinco mais do autor!

> Nesta entrevista, Bauman afirma que a internet é hoje seu maior objeto de estudo, relata como interage com seus leitores e ainda revela que gostaria de acompanhar mais de perto o que acontece no Brasil.

Por que 44 cartas? Bauman explica.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007