Livros  >>  Política

Kissinger e o Brasil
> Panorama na década de 80.

Ronald Reagan foi eleito presidente dos EUA em novembro de 1980 com a promessa de reverter o declínio americano. Durante a campanha presidencial, ele criticou violentamente as políticas externas de Nixon, Ford e Carter. Um dos alvos preferenciais de suas farpas era Henry Kissinger. Na visão de mundo de Reagan não havia espaço para acordos com grandes países periféricos.

A era das parcerias da Casa Branca com emergentes estava encerrada. O espaço do Brasil em Washington, que fora sempre limitado e incerto até mesmo com Kissinger, agora se fechava de vez. Reagan nada sabia sobre o país nem tinha interesse em aprender. Em 1982, durante breve estada no Brasil, cometeu a gafe de chamar o país de “Bolívia”.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Saiba mais sobre o autor. Veja seu Currículo Lattes.

> Visite o site do autor.

> Conheça artigos do autor.

> Veja um vídeo com entrevista com o autor para a Globonews sobre Barak Obama..

CONFIRA TAMBÉM!
> Leia o perfil de Kissinger.

> Leia o perfil de Silveira.

> Leia a história de como nasceu esse livro.

> Conheça as intenções de Estados Unidos e Brasil nessa parceria.

> Saiba quem eram os protagonistas dessa história.

> Saiba como ficou a relação na década seguinte: 1980.

> Leia entrevista com o autor.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007