Livros  >>  Comunicação









Compre na Cultura
Compre na Saraiva
Compre no Submarino
Compre na Livraria da Travessa

Detalhes:
Brochura
14x21
208pp
R$ 46,90

Data de Lançamento:
17/3/2009

ISBN:
978-85-378-0125-3

Tradução:
Maria Luiza X. de A. Borges


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
Ciência
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
COMUNICAÇÃO
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
O culto do amador
Como blogs, MySpace, YouTube e a pirataria digital estão destruindo nossa economia, cultura e valores
Entrevista: Andrew Keen

Qual a sua expectativa em relação à participação na Bienal do Livro 2009? É a primeira vez que vem ao Rio de Janeiro?

Não, não é a primeira vez. Eu estava no Rio há um par de anos atrás para a Conferência das Nações Unidas sobre a Internet, quando fiz um painel com Vint Cerf, um dos arquitetos fundadores da internet.

Em seu livro, o senhor afirma que hoje qualquer pessoa pode se transformar em jornalista na internet. Atualmente, no Brasil, o diploma para jornalistas deixou de ser obrigatório. O que o senhor pensa sobre isso?

A maioria dos meus heróis jornalistas - Robert Fisk, Ryszard Kapuscinski, George Orwell, Timothy Garton-Ash - nunca foram para a escola de jornalismo. Ser um bom jornalista exige curiosidade sobre o mundo, auto-disciplina, ousadia e amor pela justiça e a verdade. Essas não são coisas que podem ser ensinadas em uma escola.

O senhor acredita que a solução para o conteúdo da internet é mais informação (por exemplo, o leitor saber quem escreveu e como foi produzido o conteúdo de cada site) ou algum tipo de supervisão?

Não. A internet já tem informação suficiente para manter os seres humanos ocupados pelos próximos mil anos. O desafio é organizar todos os dados de uma forma inteligente e interessante. Esse desafio só pode ser feito por seres humanos. Máquinas nos deram o Google, que é um começo, se queremos um fim, precisamos de curadores humanos.

Acredita que é importante a criação de uma legislação para o conteúdo da internet?

Sim. Acredito que a internet precise de uma legislação, tão branda ou pesada quanto a legislação que rege a sociedade. A internet tornou-se uma sociedade alternativa e, se não formos capazes de legislar adequadamente, então vamos acabar numa anarquia. Os que se opõem a toda a legislação na internet devem ler Leviatã, de Thomas Hobbes, e viver em uma sociedade "sem leis".
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Viste o site do autor.

> Leia discussões inspiradas nas ações praticadas no Second Life.

> Leia entrevista com o autor publicada na revista Época, em 2007.

> Leia texto que analisa o papel dos blogs para o jornalismo publicado no site Digestivo Cultural.

> Leia entrevista publicada no jornal Folha de S.Paulo com Andrew Keen e reproduzida pelo site do Ministério da Cultura.

> Veja vídeos em que Andrew Keen participa de entrevistas ou discussões, publicados no YouTube.

> O jornal americano The Wall Street Journal promoveu uma discussão sobre web 2.0 entre dois autores que escreveram sobre o assunto: Andrew Keen e David Weinberger. Confira a troca de idéias.

> Leia artigo escrito pelo autor para o jornal americano Los Angeles Times.

> Leia entrevista com o autor no jornal inglês Guardian.

> Visite a After TV, fundada por Andrew Keen e com discussões sobre mídia, cultura e tecnologia.

> Veja matéria do Bom Dia Brasil que trata do comportamento de jovens na internet e cita O culto do amador.

> Leia o que o blog Mondolivro publicou sobre esse livro. O texto foi vinculado também na rádio Guarani FM, de Belo Horizonte.

> O blog Músicalíquida comenta um debate de Andrew Keen com Jimmy Wales (um dos criadores da Wikipedia) e reproduz o vídeo com a discussão, Assista!

> No blog de Bruno Linhares, leia resenha sobre O culto do amador.

> No blog de Sam Shiraishi, a opinião da blogueira sobre esse livro. Leia aqui.

> Veja a entrevista com o autor para o programa Milênio, da Globonews.

CONFIRA TAMBÉM!
> Leia algumas frases polêmicas do autor presentes em O culto do amador.

> Leia a opinião de especialistas sobre esse livro.

> Veja as fotos da entrevista de Andrew Keen para o programa Milênio, da GloboNews.

> Leia entrevista com Andrew Keen.

> Contribuição do leitor! Maria das Graças Targino enviou para o site uma resenha sobre O culto do amador. Confira!

> Andrew Keen participa da Bienal do Livro 2009. Confira ainda a programação de palestras do autor no Brasil.

> Os leitores da Zahar no Twitter entrevistaram Andrew Keen. Confira o resultado!

> Veja foto do debate entre Andrew Keen e Caio Túlio Costa na Bienal do Livro 2009.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007