Livros  >>  Psicanálise

Antígona e a ética trágica da psicanálise
SUMÁRIO
Introdução

1. Função real da tragédia antiga

A cena trágica, 26 • A tragédia e a polis, 32 • Tragédia como invenção: um sujeito para o objeto, 45 • Tragédia, função real em ato

2. Antígona e o desejo como dever ético

As leis não escritas, 68 • Linguagem e segunda morte

• Philia e laço social trágico

• Antinomia entre bem e desejo: Creonte e Antígona

3. Responsabilidade trágica e lei em ato

Genealogia da noção de lei na Antiguidade

• Responsabilidade trágica

• A falta trágica

• O herói trágico sofocliano: solidão e responsabilidade

• Autonomos: a lei em ato

• Juízo ético

4. Dimensão objetal do sujeito, herói trágico e ética

A dimensão trágica e a ética

• Hamlet e o impasse do saber

• A certeza e seu sujeito

• Dimensão objetal do sujeito

• Cessão de objeto

• Solidão trágica e Hilflosigkeit

Conclusão

Notas

Referências bibliográficas

Agradecimentos
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
CONFIRA TAMBÉM!
> Em entrevista exclusiva, Ingrid Vorsatz explica as teorias que desenvolve ao longo do livro.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007