Livros  >>  Economia









Compre na Cultura
Compre no Submarino
Compre na Livraria da Travessa

Detalhes:
Brochura
16 x 23cm
216pp
R$ 49,90

Data de Lançamento:
18/11/2011

1ª edição

ISBN:
978-85-378-0729-3

Tradução:
Maria Luiza X. de A. Borges

Tradução dos versos de Goethe: Marcus Vinicius Mazzari

Prefácio e Posfácio: Gustavo H.B. Franco


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
Ciência
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
Dinheiro e magia
Uma crítica da economia moderna à luz do "Fausto" de Goethe
SINOPSE

A versão de Goethe para a história de Fausto, o homem que fez um pacto com o demônio para obter poder e prazeres, é das mais famosas, citadas e comentadas. Mas poucos leram o texto na íntegra ou sabem da existência de uma segunda parte, mais extensa que a primeira, e repleta de discussões sobre economia e política. Fora do idioma original de Goethe, também havia pouco material acadêmico sobre as questões econômicas presentes na obra. A lacuna foi preenchida por um dos mais renomados economistas europeus, Hans Christoph Binswanger, que analisa o texto não apenas como um documento sobre a cultura do Ocidente, mas ressalta o seu poder de profecia e sua atualidade.

Na época em que o Fausto foi escrito, os soberanos ainda buscavam a ajuda de astrólogos e alquimistas para resolver problemas do Estado. A história se localiza justamente no momento, em que, em vez de recorrer a alquimistas para transformar chumbo em ouro, percebe-se que o melhor é buscar economistas com conhecimento em bancos que emitem papel-moeda dotados de algum lastro de natureza imaginária. O resultado acaba sendo o mesmo: criar valor a partir do nada. E esse é apenas alguns dos temas analisados pelo autor de Dinheiro e magia.

O economista Gustavo Franco ainda atualiza reflexões de Binswanger na perspectiva dos desdobramentos brasileiros e, inspirado pelas ideias do suíço, levanta hipóteses como a de que o verdadeiro patrono do crescimento brasileiro não seria Juscelino ou algum economista desenvolvimentista, mas ninguém menos do que o Fausto de Goethe. A edição ainda é completada com uma cuidadosa apresentação da lenda, da obra do escritor alemão e de detalhes de sua trajetória como autor.

Veja fotos do lançamento na Casa do Saber do Rio de Janeiro, no dia 24 de novembro de 2011. O economista Gustavo Franco falou sobre Dinheiro e Magia: Uma crítica da economia moderna à luz de Fausto de Goethe

PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Hans Christoph Binswanger professor emérito da Universidade de Saint Gallen, na Suíça. Saiba mais no site da instituição.

> Visite a página de Gustavo Franco com comentários sobre economia e literatura.

CONFIRA TAMBÉM!
> Por que ler esse livro? O economista Gustavo Franco responde.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007