Livros  >>  Cinema









Compre na Cultura
Compre o e-book
Compre na Saraiva
Compre na Livraria da Travessa

Detalhes:
Brochura
14 x 21cm
268pp
R$ 44,90

Data de Lançamento:
15/9/2011

1ª edição

ISBN:
978-85-378-0712-5

Tradução:
José Rubens Siqueira


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
Ciência
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
Quinta Avenida, 5 da manhã
Audrey Hepburn, Bonequinha de luxo e o surgimento da mulher moderna
SINOPSE

No cartaz que divulgou o lançamento de Bonequinha de luxo (1961), Audrey Hepburn aparece elegante. Pequenos detalhes, porém, quebram a atmosfera clássica: uma cigarrilha pendendo no canto da boca e um gato pousado no ombro direito. Com o mesmo vestido longo negro, ela surge nas cenas iniciais do filme, interpretando a playgirl Holly Golightly. Desce de um táxi em frente à joalheria Tiffany’s de Nova York. Carrega nas mãos, que vestem luvas compridas pretas, uma sacola de papel com seu café da manhã, um pão doce, e come enquanto observa as vitrines. Tanto a imagem que estampa o cartaz quanto a cena que abre a película representam uma grande mudança nos modelos de Hollywood e no papel feminino no cinema. Audrey Hepburn interpreta uma moça não muito casta, mas sofisticada e independente, deixando para trás o moralismo dos anos 1950 e traçando novos rumos para a mulher moderna.

Analisando elementos como esses e os bastidores da película, Sam Wasson mostra como o longa contribuiu para transformar a moda, a liberdade feminina e a indústria cinematográfica. Quinta Avenida, 5 da manhã, best-seller do New York Times, apresenta a primeira descrição completa da produção de Bonequinha de luxo. O autor traça o perfil de personagens fascinantes e desvenda detalhes pouco conhecidos pelo público. Truman Capote, por exemplo, autor da novela que deu origem ao roteiro, queria Marilyn Monroe para o papel principal. O diretor Blake Edwards foi responsável por boa parte do humor do filme. Audrey enfrentava o dilema de conciliar as tarefas de uma grande estrela de cinema com o papel de mãe. Edith Head, a figurinista da Paramount, teve de engolir a escolha dos vestidos de Givenchy... Escrito com humor, charme e elegância, o livro revela uma mudança cultural definitiva e transporta o leitor para a Nova York dos anos 1960.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
LINKS
> Visite o site do autor e saiba mais sobre ele.

> No site da Fox News, assista entrevista com o autor.

CONFIRA TAMBÉM!
> O que a imprensa disse sobre esse livro? Confira!

> Conheça algumas curiosidades de Bonequinha de luxo.

> Nessa entrevista, Sam Wasson explica a importância do longa. Leia.

> Saiba como foi o debate sobre o livro na comemoração dos 50 anos de Bonequinha de luxo no Instituto Moreira Salles, no dia 16 de setembro.

ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007