Livros  >>  Psicanálise

Psicose e Laço Social
Esquizofrenia, paranóia e melancolia
SINOPSE

Os laços sociais atam-se a partir de discursos. Mas o que acontece com aqueles que, estruturalmente, estão fora das relações já estabelecidas pela sociedade em que vivemos?
Antonio Quinet, psicanalista, psiquiatra e doutor em filosofia pela Universidade de Paris VIII, lança as bases para se pensar o fora-do-discurso da psicose e sua busca de laço social. Ao abordar os três tipos clínicos da psicose – esquizofrenia, paranóia e melancolia –, investiga de que forma os psicóticos se inserem nos discursos. Para tanto, toma como base o campo do gozo e a teoria dos discursos de Lacan.
Promovendo o retorno aos fundadores da clínica psiquiátrica (como Pinel, Kraepelin, Bleuler, Esquirel e Séglas), o autor reaviva a clínica da psicose – um tanto esquecida hoje pela psiquiatria de manual de diagnóstico. Desse modo, além de oferecer um avanço para o tratamento da esquizofrenia e da paranóia, distingue a melancolia dos estados depressivos neuróticos, fornecendo os subsídios clínicos e éticos para uma crítica à banalização contemporânea da "depressão".
Psicose e laço social inclui ainda análises valiosas de casos clínicos como o do Homem dos Lobos, o do matemático John Nash (retratado no filme Uma mente brilhante) e o de Simão Bacamarte (protagonista de "O alienista", de Machado de Assis).
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007