Livros  >>  História em Quadrinhos









Detalhes:
ESGOTADO E
FORA DE
CATÁLOGO


Flexível
21 x 28 cm
48pp
ilustrado em quadrinhos
R$ 46,00

Data de Lançamento:
19/4/2005

ISBN:
85-7110-843-9

Tradução:
André Telles


Outras áreas: Administração
Artes
Biografias
Ciência
Ciências Sociais
Cinema
Coleções
Coleções de Bolso
Comunicação
Dicionários
Economia
Educação
Filosofia
Gastronomia
Geografia
História
História em Quadrinhos
Infantil
Juvenil
Letras
Literatura
Música
Policial
Política
Psicanálise
Psicologia
Teatro
TV
Variedades
O Bordel das Musas
Toulouse-Lautrec no Moulin-Rouge
CLIPPING
Henri de Toulouse-Lautrec e seus amigos, Van Gogh, Gauguin, Renoir, Monet, Seurat e Cézanne amam as mulheres e entendiam-se com as regras da vida prática. Almejam concentrar a existência no seu miolo dionisíaco e têm um lugar de lazer em comum, o Bordel das Musas (Le Bordel des Muses); encravado no rodamoinho noturno da Paris da Belle Époque, Montmartre.
O Bordel das Musas, do quadrinista iugoslavo Gradimir Smudja, narra a aventura dessa gangue de gênios desocupados e leva o leitor que gosta dos quadrinhos refinados a um passeio delirante por uma época e personagens inacreditáveis – pintores famosos, bailarinas de cancã, filósofos de botequim e complexos psicanalíticos gigantescos.
Smudja, nascido em Novi Sad em 1956, vive atualmente em Lucca, na Itália, e sua obra caracteriza-se por um desejo de passar seus mestres da pintura por uma peneira pop e surrealista – especialmente Van Gogh. Assim, lê "enxerga" prelúdios e seqüências em quadros do holandês (coisa que explorou no álbum Vicent & Van Gogh), e também em Toulouse-Lautrec, em O Bordel das Musas – Toulouse-Lautrec no Moulin Rouge.
[...]
O Bordel das Musas é um trabalho de aquarela sobre tela, assim como o artista desenhara originalmente Vicent & Van Gogh em aquarela sobre papel.
Smudja ganhou uma licença, outorgada por si mesmo, para imaginar como seria o cotidiano frenético dos gênios das artes do século 19 – considerando que fossem, no final das contas, seres humanos normais. "E se Van Gogh não passasse de um usurpador? E se o verdadeiro pintor de Os Girassóis, tela que vale milhões de euros hoje em dia, não passasse na verdade de um gato de beco?".
Ele mete os gênios da pintura em situações rocambolescas e os descreve de modo bem heterodoxo.
[...]

PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007