Livros  >>  História

Totalitarismo e revolução
O integralismo de Plínio Salgado
SINOPSE

Um trabalho que busca apreender a lógica particular do integralismo de Plínio Salgado, principal ideólogo e único chefe da Ação Integralista Brasileira. Numa estimulante discussão e da matriz fascista de onde se originou, Ricardo Benzaquen contrapõe a natureza nitidamente totalitária do integralismo às concepções autoritárias então em voga. Registra também a ausência de unanimidade no interior do próprio movimento ao expor as visões de Miguel Reale e Gustavo Barroso, divergentes exatamente quanto a esta concepção totalitária do mundo.

"Interessantíssimo e de extrema utilidade (...). Louve-se a seriedade da pesquisa, a isenção das críticas, o inesperado de certas conclusões (...)."
Gilberto Vilar de Carvalho, O Globo

PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007