Livros  >>  Psicanálise

Gradiva
Uma fantasia pompeiana
SINOPSE

Publicado originalmente em 1903, este romance do escritor alemão Wilhelm Jensen tornou-se célebre a partir do estudo que Freud lhe consagrou em 1907, "Delírios e Sonhos na Gradiva de Jensen".
Segundo Lacan, Freud era ávido de literatura pois ela "lhe servira para franquear a via desta idéia do inconsciente" e, com efeito, diante do romance de Jensen, ele se encontra face a uma obra que lhe permite estabelecer, mais uma vez, um paralelismo entre o procedimento arqueológico e o método psicanalítico: Gradiva narra a história de um jovem arqueólogo e de seu tortuoso reencontro com uma musa de sua infância.
Esta edição, apresentada pelo psicanalista Marco Antonio Coutinho Jorge, reproduz em sua capa a escultura que serviu de inspiração ao autor do romance.
PESQUISE NO CONTEÚDO DOS LIVROS
powered by Google
ZAHAR    rua Marquês de São Vicente 99 – 1º andar, Gávea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil   22451-041   Tel.: 21 2529-4750  sac@zahar.com.br  ©2007